Linha de tempo do desenvolvimento histórico e institucional da Extensão Rural

Events

Farms Institute

1839 - 1914

Departamento de Agricultura
dos EUA (USDA)

Serviço de Extensão Cooperativa - EUA

1914

Serviço de Extensão Cooperativo (SEC), criado em 1914. Os
Farms Institutes eram uma forma de extensão, na qual os agricultores tinham um papel protagonista,
mediante encontros pontuais entre agricultores e técnicos para tratar de temas concretos

Agronomia Social - URSS

1918

Contribuições teóricas feitas por Alexander
Chayanov - 1918

Santa Rita do Passa Quatro-SP

1947

implantação do projeto extensionista de Santa Rita do Passa
Quatro - SP, sob o patrocínio da AIA (Nelson Rockefeller)

ER humanismo assistencialista

1948 - 1965

Humanismo assistencialista. Neste momento, a ER
era concebida como uma modalidade informal e integral de educação, destinada a pequenos agricultores,
donas de casa e jovens rurais, sendo voltada à difusão de novas ideias e conhecimentos capazes de
renovar os seus hábitos e atitudes, em favor da melhoria do nível de vida das populações rurais, cuja
orientação pedagógica era "ensinar a fazer fazendo".

Criação da ACAR/MG

1948

Santa Rita do Passa Quatro
(SP), juntamente com a criação da Associação de Crédito e Assistência Rural em Minas Gerais
(ACAR/MG)

ATER Oficial

1948 - 2016

Início do Serviço de ER Oficial

Crédito Supervisionado/Foco familiar

1948 - 1982

Início da ER na América Latina e Caribe

1950

Posteriormente, com o fim da II Guerra Mundial, os EUA se afirmaram como a principal potência capitalista
ocidental, dando início a um processo de auxílio ao desenvolvimento dos países da Europa e da América
Latina, no qual a agricultura cumpriu um papel fundamental. O auxílio financeiro concedido permitiu a
ampliação dos mercados de alimentos e das tecnologias agrícolas das indústrias NorteAmericanas
para
outros países do mundo, acoplandose
à estratégia política que visava conter a expansão da influência do
bloco de países socialistas liderados pela União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), durante o
período da guerra fria.

Projeto Técnico de Agricultura (ETA)

1954

Juscelino Kubitschek, baseado nos resultados obtidos pela ACAR/MG, assinou um acordo com o governo norteamericano.

ANCAR

1954 - 1962

Associação Nordestina de Crédito e Assistência Técnica(PE, BA, CE)

ABCAR

1956

Associação Brasileira de Crédito e Assistência Técnica

ASCAR(RS)/ACRES(SC)/ACARPA(PR)

1956 - 1957

Criação das Associações de Crédito e Assistência e Assistência Rural

ARCAR(RJ)/ACAR(GO)

1958 - 1959

Criação das Associações de Crédito e Assistência e Assistência Rural

ANCAR - SE/AL/MA/PI/PA/AM/DF/

1962 - 1968

Criação das Associações de Crédito e Assistência e Assistência Rural de SE(1962), AL/MA/PI(1963), PA(1965), AM/PI(1966), DF(1966), ARCAMAT(1965), ACAR AC(1968)

Modernização Técnica da Agricultura

1964

SNCR - Sistema Nacional de Crédito Rural

1965

ER Difusionismo-produtivista

1965 - 1985

Criação do INCRA

1970

ACAR - RO(1971), RR(1972)/ AP(1974)

1971 - 1974

EMBRAPA

1972

ER na EMBRAPA
CONPATER - Comissão Nacional de Pesquisa Agropecuária e de Assistência Técnica e Extensão Rural

EMBRATER(MAARA) e EMATER's/SIBRATER

1974 - 1990

Difusionismo-produtivista

EMATER-PE

1974 - 1995

ER Humanista

1985 - 1986

Orientação humanista

ATER ONG's

1988 - 2016

Nos anos 80, período em que vários setores da sociedade civil
se fortaleceram na luta contra o regime militar. Nesse processo foram criadas várias organizações
representativas de agricultores e organizações não governamentais (ONG's), cuja linha de atuação foi
marcada pela crítica ao modelo agrícola adotado no país e aos seus efeitos sociais e ambientais
negativos. A partir do momento em que estas organizações começaram a trabalhar com a ATER,
passaram a orientar as suas diretrizes de atuação dentro de outras lógicas, em geral baseadas no
desenvolvimento solidário e sustentável, ao mesmo tempo em que desenvolviam métodos de abordagem
mais participativos.

Extinção da EMBRATER

1989

Decreto 97.455, de 15 de janeiro de 1989,

Decreto 99.192, de 15 de março de 1990.

ASBRAER

1990

Diante do espaço vazio deixado pela extinção da EMBRATER, os dirigentes das instituições estaduais de
ATER criaram, em 1990, a Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e
Extensão Rural (ASBRAER).

ER Participativa

1990 - 2016

SIBRATER transferida da EMBRAPA PARA O MAARA

1993

Grito da Terra/PRONAF/DATER

1994

EBAPE

1995 - 2003

CONTAG, FASER e a ASBRAER

1997

27 seminários estaduais
Seminário Nacional de ATER

MDA

2000 - 2016

PNATER

2003

PRONATER

2005 - 2006

LEI Nº 12.188, DE 11 DE JANEIRO DE 2010

2010

LEI Nº 12.188, DE 11 DE JANEIRO DE 2010.

Institui a Política Nacional de Assistência Técnica e
Extensão Rural para a Agricultura Familiar e Reforma
Agrária PNATER e o Programa Nacional de Assistência
Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar e na
Reforma Agrária PRONATER.

LEI Nº 15.223, DE 24 DE DEZEMBRO DE 2013 (PERNAMBUCO)

2013

LEI Nº 15.223, DE 24 DE DEZEMBRO DE 2013.

Institui a Política Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural para Agricultura Familiar de Pernambuco - PEATER-PE e o Programa Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural da Agricultura Familiar - PROATER-PE.

MDA(MDS) para a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário

2016

2016- Decreto nº 8.780, de 27 de maio de 2016, transfere as competências do MDA, que estavam com o MDS, para a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário - Casa Civil da Presidência da República