História de LIBRAS

Events

Bartollo Della Marca d’Ancora

1453

“início” da comunicação dos surdos, ele justifica que é possível os surdos se comunicarem através de “gestos”, assim como alguns animais o fazem, mas de forma mais complexa e estruturada

Saboureaux de Fontenay

1579

cunhou o termo “datilologia”, utilizado até hoje.

Pedro Ponce de Léon

1584

primeiro professor de surdos que se tem registro . Fundou a primeira
escola para surdos em um mosteiro de Valladolid

Melchor de Yebra

1593

“Refugium Infirmorum”, trazia, através de desenho, o alfabeto manual com vinte e oito letras.

Juan Pablo Bonet

1620

alfabetizou um único surdo através do uso do alfabeto dactilológico.

Publicou a primeira obra destinada à educação de surdos intitulada “Reduccion de lãs letras y arte para enseñar a hablar e los sordos”

John Bulwer

1644

foi a primeira pessoa a criar técnicas e recursos de comunicação entre
surdos e ouvintes, “A Língua natural da mão e a arte da retórica manual”.

Charles Michel L’Epée

1759

foi o primeiro a estudar e disseminar os estudos gramaticais da Língua
de Sinais, com estruturas semelhantes à gramática da Língua Francesa oralizada.

Jacob Rodrigues Pereire

1964

primeiro professor a ensinar surdos através da língua de sinais