Cronologia da Internet

Main

Arpanet

09/02/1969

A 2 de setembro de 1969, dois computadores na UCLA (Universidade da Califórnia, Los Angeles) trocam dados sem sentido no primeiro teste da Arpanet. A primeira conexão entre dois locais a UCLA e a Stanford Research Institute, também na Califórnia, acontece em 29 de outubro.

Estados Unidos

1970

A Arpanet chega à sua primeira ligação na costa leste dos Estados Unidos.

Chegada do e-mail

1972

Ray Tomlinson traz o e-mail à rede, escolhendo o símbolo "at" ou "@" como maneira de especificar endereços de e-mail.

As primeiras ligações

1973

A Arpanet ganha suas primeiras ligações internacionais.

TCP/IP

1974

Vint Cerf e Bob Kahn desenvolvem a técnica de comunicações TCP, permitindo que múltiplas redes se compreendam, criando a verdadeira internet. Posteriormente, o conceito divide-se em TCP/IP antes da sua adoção formal.

DNS proposto

1983

O DNS (Domain Name System) é proposto. A criação de sufixos como ".com", ".gov" e ".edu" chega um ano depois.

Worms causa danos

1988

Um dos primeiros worms da internet, Morris, causa danos a milhares de computadores.

Quantum Computer Services

1989

A Quantum Computer Services, agora AOL, inaugura o serviço America Online para computadores Macintosh e Apple 2.

A "www."

1990

Tim Berners-Lee cria a WWW (World Wide Web) enquanto desenvolvia maneiras de controlar computadores a distância na Cern (Organização Europeia para Pesquisa Nuclear).

Criação do Mosaic

1993

Marc Andreessen e colegas na Universidade de Illinois criam o Mosaic, primeiro navegador a combinar gráficos e texto numa única página, abrindo a web para o mundo com um software fácil de usar.

O Netscape e o spam

1994

Andreessen e outros na equipa do Mosaic formam uma empresa para desenvolver o primeiro navegador comercial, o Netscape. Isso chama a atenção da Microsoft e de outros desenvolvedores que iriam investir no potencial comercial da web. Dois advogados da área de imigração apresentam o spam ao mundo.

O Google

1998

Google monta um projeto iniciado nos dormitórios de Stanford. O governo dos Estados Unidos delega a supervisão das políticas relacionadas a nomes de domínio para a Icann (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers). O Departamento de Justiça e 20 Estados acusam a Microsoft, criadora do onipresente sistema operacional Windows de abusar de seu poder de mercado.

Os arquivos de música

1999

O Napster populariza o compartilhamento de arquivos de música, levando a sucessores que mudaram permanentemente a indústria das gravadoras. A população usuária de internet no mundo ultrapassa 250 milhões de pessoas.

Boom

2000

O "boom" das empresas de tecnologia dos anos 1990 dá lugar à explosão da bolha do setor. A Amazon.com, eBay e outros sites são seriamente prejudicados num dos primeiros usos em larga escala do ataque de negação de serviço, que enche um site com tanto tráfego falso que usuários de verdade não conseguem visitá-lo.

500 milhões de pessoas

2002

A população usuária de internet do mundo ultrapassa 500 milhões de pessoas.

O início do facebook

2004

Marck Zuckerberg inicia o Facebook, em seu segundo ano de curso na Universidade Harvard.

Youtube nasce

2005

É inaugurado o site de compartilhamento de vídeos YouTube.

Mil milhão de pessoas

2006

A população usuária de internet do mundo ultrapassa mil milhão de pessoas.

Apple lança o iPhone

2007

A Apple lança o iPhone, trazendo o acesso à internet sem fios a mais milhões de pessoas.

Internet nos voos

2008

Os usuários da internet do mundo ultrapassam 1,5 mil milhões de pessoas. Só na China chega a 250 milhões, ultrapassando os Estados Unidos como o país com a maior população usuária da internet no mundo. Os desenvolvedores do Netscape interrompem o navegador pioneiro, embora o seu "sucessor", Firefox, permaneça forte. Importantes companhias aéreas intensificam o uso de serviços de internet nos voos.

Seattle Post-Intelligencer online

2009

O "Seattle Post-Intelligencer" torna-se o primeiro grande jornal diário a ficar exclusivamente online. O Google anuncia o desenvolvimento de um sistema operacional com foco na web.