AS BOLAS DE TODAS AS COPAS

Events

Bola Uruguaia T-Model

1930

Recebeu este nome pelo formato T recebido em seu projeto.
Este modelo possui doze gomos.

Bola Argentina Tiento

1930

O modelo T-Model ficou registrado como a primeira bola das Copas do Mundo

Bola Federale 102

1934

A bola da Copa da Italia em 1934 possuía as mesmas especificações da bola utilizada na edição anterior, eram de capotão, pesada, fechada com cordas que ficavam à mostra.

Bola Allen

1938

A Allen foi a bola de despedida com clima pré-guerra, depois disto houve de fato a guerra, o que estabelecia a extinção da Copa do Mundo, mantida viva apenas no coração de Jules Rimet.

Bola Super Duplo T

1950

A bola da vitória dos EUA sobre Inglaterra na copa de 50 virou um objeto de museu. Possuía câmara como as bolas atuais.
Esta bola de 1950 foi uma evolução, comparada com as anteriores e marcou o reinício das copas dos mundos depois da guerra

Bola Swiss WC Match Ball

1954

A bola de 18 gomos fez sua primeira aparição nesta edição do Mundial FIFA, A Swiss WC Match Ball, do jogo final entre Alemanha Ocidental e Hungria, inaugurou a era das bolas com dimensões padronizadas pela FIFA. Reinou até o Mundial de 1966.
Curiosidade: A Copa de 1954 teve a maior média de gols por jogo da história dos Mundiais: 5,38 (140 gols em 26 jogos).

Bola Top Star

1958

A bola da Copa de 1958 na Suécia era a Top Star, foi a primeira conquista do Brasil em Copas do Mundo e o maior numero de gols feitos em uma final com sete gols marcados

Bola Mr. Crack

1962

Em 1962, a bola seguia sendo uma coadjuvantes dos craques, com o seu nome estampado. Era marrom, cor original do material com que era fabricada, o couro. E foi com ela que o Brasil conquistou seu segundo título mundial, no Chile.

Bola Challenge 4-Star

1966

A bola usada na final tinha uma cor marrom-avermelhada. Foi escolhida após uma seleção entre amostras de diversos fabricantes convidados pela FIFA.

Bola Telstar

1970

A Copa de 1970, no México, marcou a história das bolas de futebol. Escolhida pela FIFA como a fornecedora oficial de seus torneios oficiais, a empresa Adidas inspirou-se na estrutura das cúpulas geodésicas de Buckminster Fuller para obter a maior esfericidade possível, utilizando 32 gomos (12 pentágonos e 20 hexágonos) para formar um icosaedro truncado.

Bola Telstar Durlast

1974

Chamada de Adidas Telstar Durlast, que era mais resistente a água e mais impermeável que a anterior. Durante o torneio, também foi usada uma bola toda branca, batizada de Adidas Chile Durlast, e que foi utilizada em 8 jogos, incluindo a semifinal entre Brasil e Países Baixos, e a decisão do 3° lugar entre Brasil e Polônia.

Bola Tango Durlast

1978

Foi um projeto que permaneceu praticamente inalterado durante cinco Copas do Mundo sucessivas. Seu nome vem da mais tradicional e conhecidada dança argentina, o tango.

Bola Tango Espanã

1982

Em 1982 na Copa do Mundo da Espanha o modelo Tango continuou mudando apenas um detalhe no nome para Tango Espanha, porem havia uma inovação tecnológica, sua costura agora era impermeável.

Bola Azteca

1986

Na Copa do Mundo FIFA México 1986, a Adidas lançou a bola Azteca, a primeira bola totalmente sintética o que melhorou muito a durabilidade e minimizou ainda mais a absorção de água.

Bola Etrusco Unico

1990

Em 1990 a Adidas criou o modelo Etrusco Único para a Copa do Mundo FIFA Itália 1990. Com impermeabilização total, com uma capa interna de espuma de poliuretano. Devido à cultura italiana. Apresentando três cabeças de leões etruscas dentro de cada uma das 12 tríades decorando a bola.

Bola Questra

1994

A bola foi chamada de Questra, nome dado a uma família de bolas de futebol produzidas originalmente pela Adidas para grandes eventos internacionais em meados da década de 90.
A bola Questra foi fabricada com materiais inovadores, que permitiam ao modelo ganhar mais velocidade nos chutes e cabeceadas.

Bola Tricolore

1998

Sua tríade incorpora cores e símbolos da nação anfitriã, a França – um galo, um trem em alta velocidade e uma turbina. A bola era de um material sintético totalmente novo, moldada com ‘espuma sintética’ que afirmavam dar melhor compressão e mais repiques, características de suas antecessoras

Bola Fevernova

2002

A bola para a FIFA World Cup Korea/Japan, conhecida como a “Fevernova”, era o resultado de três anos de aperfeiçoamento na “Tricolore” no centro de pesquisa da Adidas em Scheinfeld, no sul da Alemanha.

Bola Teamgeist

2006

Em 2006 na Copa do Mundo da Alemanha a Teamgeist foi a bola produzida pela Adidas para o mundial também com inovações no design. Seu nome significa “espírito de equipe”.

Bola Jabulani

2010

Jabulani (que na língua zulu quer dizer “festejar”) foi apresentada oficialmente em 4 de dezembro de 2009, durante o sorteio para as chaves do mundial de 2010.

Bola Brazuca

2014

A bola que vai rolar pelos nossos gramados, será conhecida em todo mundo pela nossa alegria e irreverência. A fabricante pediu obrigado a todos os torcedores que ajudaram a escolher o nome da bola que representará o nosso orgulho de ser brasileiro