Untitled timeline

Main

Criação da Congregação dos Salesianos de Dom Bosco

1874

Testamento Cerrado

10/04/1923

preocupado com encontrar sucessores para continuar o seu projeto social O Padre Cícero, por testamento cerrado, em 04 de Outubro, doou parte do seu patrimônio à Congregação Salesiana e, desta forma, confiou aos Padres Salesianos à continuação da sua missão, na qualidade de herdeiros universais e sucessores.

Carta enviada ao Padre Della Nesta

09/22/1924

Escreve outra carta, também, nesta data, 22 de setembro de 1924 ao Padre Della Via. Nesta, ele apela para a salvação deste povo e pela tranqüilidade do seu próprio espírito (Padre Cícero).

Carta enviada ao Padre Rota (Inspetor Salesiano)

09/22/1924

Através do Dr. Floro, Pe. Cícero tomou conhecimento da vontade que o citado padre nutria em fundar, em Juazeiro, um Colégio Salesiano; assim, aproveita a ocasião para mostrar que este também é um sonho que alimenta há muitos anos. Carta enviada em 22 de Setembro.

Resposta do Pe. Pedro Rota

09/23/1924

Dia 23 de setembro de 1924, o Padre Pedro Rota, Inspetor Salesiano, responde a carta do Padre Cícero. Apresenta duas dificuldades, que considera barreiras que impedem a realização deste pedido: uma delas é a escassez de pessoal para trabalhar nas obras já existentes e a segunda e mais importante, é a situação do Padre Cícero em relação à autoridade eclesiástica. Não poderia entrar numa Diocese sem o consentimento do Bispo.

Contato com Pe. Carlos Leôncio

09/24/1924 - 1932

O Padre Carlos Leôncio, Diretor do Colégio Salesiano do Recife (PE) foi avisado, por carta, da vontade do Padre Cícero.

2° Resposta do Pe. Rota

03/30/1926

Padre Rota em carta escrita no dia 30 de março de 1926, manifesta boa vontade para ajudar e se empenha na luta ao lado do Padre Cícero, recorrendo aos superiores Salesianos.

Contato com Padre Tirone

01/01/1932

Padre Tirone (representante superior dos Salesianos) visita o Ceará, encontra-se em Fortaleza. A intenção do Padre Cícero era convencê-lo de que a obra Salesiana é necessária e, por isso, tem grande importância social.

Carta do Bispo do Crato ao Inspetor Geral dos Salesianos

08/23/1932

Em 23 de agosto de 1932, o Bispo do Crato Dom Francisco de Assis Pires escreve ao Sr. Padre Inspetor dos Salesianos em Recife, informando que o mesmo foi incumbido pelo Padre Riecaldone, Inspetor Geral dos Salesianos a se entender com ele a respeito da proposta que levaria a instalação da congregação na cidade e solicita um parecer sobre a possibilidade de levar adiante este empenho, para que possa oficializar, junto à Santa Sé, esse pedido. Pois, sem a autorização da mesma, o caso não iria adiante.

Compromisso firmado com Pe. Cícero

1933

Já estamos em 1933 quando é enviada uma correspondência mais decisiva entre o Núncio Apostólico, Dom Bento Mussela.
Nesta há uma promessa em forma de compromisso firmado, pedindo que o Padre Cícero faça o quanto antes a doação por meio de escritura pública.

Falecimento do Pe. Cícero

07/20/1934

O padre Cícero faleceu em Juazeiro do Norte em 20 de julho de 1934, aos 90 anos.

Pedido de Ereção Canônica

02/25/1938

Em 25 de fevereiro de 1938, Dom Ricaldone (reitor-mor) escreve carta pedindo a ereção canônica da nova casa em Juazeiro.

Carta resposta do Bispo de Crato concedendo a permissão

05/08/1938

“Bispado do Crato – Ceará- Brasil:
De conformidade com o artigo 497 do Código de Direito Canônico tenho a gratíssima satisfação de conceder à Congregação Salesiana de São João Bosco a licença para abrir em Joaseiro, nesta Diocese de Crato, Ceará as obras de assistência religiosa e moral próprias da mesma Congregação.
Crato, 8 de maio de 1938.
(L.+S.) + Francisco, Bispo de Crato."

Chegada dos Salesianos a Juazeiro

03/31/1939

Em 31 de Março de 1939, os Salesianos chegaram a cidade às 8 horas da manhã.

Doações aos Salesianos

05/12/1939

A sociedade e o comércio de Juazeiro, em 1939, se cotizaram doando em dinheiro vivo a importância de 60 contos de réis para que os salesianos iniciassem imediatamente a construção do colégio; Cidadãos de Juazeiro doaram, também, o terreno onde foi edificado o Colégio Salesiano de Juazeiro, contendo algumas casas, para que os salesianos não alienassem bens imóveis constantes do Testamento do Padre Cícero; A Prefeitura de Juazeiro também doou a antiga Praça Pio IX, onde se encontra hoje edificado o Santuário do Sagrado Coração de Jesus, de propriedade dos salesianos.

Inauguração da Escola do Horto

10/02/1939

No início do mês de outubro de 1939, quando foi inaugurada a Escola do Horto, com 100 vagas, para crianças de ambos os sexos: “foram colocadas duas professoras às nossas custas”.

Inauguração da Escola Profissionalizante

1941

As escolas profissionais, aquelas destinadas a ensinar as artes e ofícios manuais, começaram a ser pensadas em 1941. A escola profissional ofertava cursos de marcenaria, fundição e mecânica geral; e a fábrica de relógio, tendo naquele momento já distribuído pelo Brasil mais de cinquenta máquinas acompanhadas dos respectivos sinos.

Inauguração do Colégio Salesiano

04/26/1942

Inicialmente chamado de “Colégio Padre Cícero”. A mobilização para a rápida construção do prédio e o grande número de matrículas foi o momento em que se verificou a intenção e a luta de algumas famílias da cidade, na maioria comerciantes, para a educação dos filhos, pois as novas camadas sociais emergentes viam na escola a oportunidade de ascensão social e a educação salesiana era a mais eficaz para dar status às famílias.

Exame de admissão para o Ginásio

03/25/1943

O Exame de Admissão ao Ginásio ocorreu no dia 25 de março de 1943, segundo consta na Crônica da Casa, embora no documento da Secretaria do Colégio, a data seja 25 de fevereiro. Esta ação visa a atender mais uma reforma educacional, a chamada Reforma Capanema de 1942: o curso de admissão passou a ser uma exigência para ter acesso ao curso ginasial.

Romaria de Nossa Senhora Das Dores

09/13/1943 - 09/15/1943

Um momento importante que une o Colégio com os romeiros foi por ocasião da romaria de Nossa Senhora das Dores, a qual é citada pela primeira vez nas Crônicas, no dia 13 do mês de setembro, quando houve uma observação, sem comentário, de que a cidade se enchia de romeiros, e que poucos alunos do turno noturno comparecem às aulas. No dia 15 de setembro, reportou-se de uma festa numerosa e o Colégio tomou parte da procissão.

Desfile do Colégio no Centenário de Nascimento do Pe. Cícero

03/24/1944

O desfile do Colégio, também, pareceu maior do que o objetivo da festa. Mesclou-se a essa comemoração, no dia 24, uma consagração a Nossa Senhora.

Festa de Leitura do Regulamento

03/30/1944

A direção apresentou o Programa da festa de Leitura do Regulamento, de forma a tornar visível e imprimir a importância necessária ao regulamento que deveria ser seguido por todos. Esta é uma das marcas do disciplinamento que os salesianos querem impor à juventude, como importante elemento de formação do caráter.

Inauguração da Quadra de Cimento

1963

em comemoração, realizaram um jogo de futebol na nova quadra, entre os times de Crato e Juazeiro do Norte, que venceu de 4 x 3. O jogo era considerado de tal importância que os padres cobravam a entrada. Este jogo rendeu a quantia de 5.400,00 cruzeiros.

Novena de Dom Bosco

10/30/1963 - 11/02/1963

Em outubro, registra-se a novena de São João Bosco, com uma grandiosa procissão, em que centenas de romeiros participam devotadamente do cortejo. Este fato mereceu destaque porque aconteceu em pleno período da maior romaria da cidade, que é feita em lembrança do falecimento do padre Cícero, pois aconteceu no período que vai de 30 de outubro a 2 de novembro, Dia de Finados.

Canarinhos do Cariri

09/07/1966

Coral do Colégio Salesiano

Criação dos Cursos Científicos e Científicos Mistos

1967 - 1970

O Colégio ampliou suas atividades para servir a juventude, atendendo pedidos de personagens considerados ícones no meio social. A implantação do curso Colegial veio de forma gradativa.