Cronologia Total

Eventos

Monarquia Romana

753 BC - 509 BC

República Romana

509 BC - 27 BC

1ª Guerra Pérsica

490 BC

2ª Guerra Pérsica

480 BC

Guerra de Peleponeso

431 BC - 404 BC

Império Romano

27 BC - 476

Roma é pilhada pelos Visigodos

410

Roma é pilhada pelos Vândalos

455

Queda de Roma

476

Romulus Augustulus (o último imperador romano) é deposto por Flavius Odroacro que se auto-designa como Rei (Rex).

S.Bento

520

Ordem dos Beneditinos estabelece-se no mosteiro de Monte Cassino. Regras da vida monástica e horas canónicas.

Guerra de Justiniano

535 - 553

Invasão de Itália pelos exércitos de Constantinopla. Roma é reduzida a ruínas. Destruição dos últimos vestígios de uma civilização urbana em Itália. Sociedade rural e feudalismo.

Invasão dos Lombardos

568

Reino Lombardo dividido em territórios controlados por chefes locais.

Invasão da Península Ibérica pelos Mouros

711

O território passa a ser conhecido por Al-Andalus.
Os Visigodos refugiam-se no norte da Península Ibérica.

Batalha de Tours e Poitiers

732

Carlos Martel derrota o exército muçulmano que tentava invadir a França. Governa os Francos sem um rei a partir de 737.

Ataque dos Vikings a Lindisfarne

793

Este ataque marca o início das invasões Vikings no Ocidente.

Kiev torna-se capital

882

Oleg, o Sábio, torna Kiev na capital do novo estado.

Normandia

911

Os Francos entregam o atual território da Normandia ao chefe Viking Rollo.

Regino de Prüm

915

Ataque a Constantinopla

944

Início da influência cristã na Rússia.

Otão I é Imperador

962

Otão I é coroado Imperador pelo Papa João XII, assumindo assim o título anteriormente atribuído a Carlos Magno.

Batismo de Vladimir I

988

Vladimir I, o Santo é batizado e casa-se com a irmã do imperador Basileus II, de Constantinopla.

Chegada à América do Norte

10 January 1000

Chegada à América do Norte pelos Vikings

Domínio dos Boiardos

1054

Dissolução da Rússia em principados.

Cisma Ocidente/Oriente

1054

Cisma religioso entre o Ocidente e o Oriente. O Papa e o Patriarca excomungaram-se mutuamente e desde então a Igreja Católica Romana e a Igreja Ortodoxa permanecem separadas.

Invasão da Inglaterra

1066

Os Normandos invadem a Inglaterra e dominam os anglo-saxões.

Reconquista de Toledo

1085

Reconquista de Toledo, a antiga capital do reino dos Visigodos.

Cruzadas

1095 - 1291

Inicialmente as cruzadas foram uma guerra contra os muçulmanos. Para além disso procurava-se também uma reconciliação entre as duas igrejas cristãs.

Reino Almóada

1130 - 1228

D. Afonso Henriques

1139

D. Afonso Henriques começa a ser designado Rei de Portugal.

Sacro Império Romano

1157

Frederico I acrescenta "Sacro" a "Império Romano" em reconhecimento do seu papel defensor da Fé.

Reino de Portugal

1179

Bula papal reconhece o Reino de Portugal

Conquista de Pequim

1215

Conquista de Pequim pelos Mongóis

Conquista do norte da Índia

1221

Conquista do norte da Índia pelos Mongóis (Uzbequistão, Quirguistão, Turquemenistão, Tajiquistão e Afeganistão).

Conquista do sul da Ucrânia

1223

Conquista do sul da Ucrânia pelos Mongóis.

Dinastia Nasrida

1238 - 1492

Conquista de Kiev

1240

Conquista de Kiev pelos Mongóis.

Morte de Ögedei Khan

1241

A conquista de Viena é evitada pela morte de Ögedei Khan. A Croácia, Sérvia e Bulgária prestam vassalagem aos Mongóis.

Conquista de Bagdade

1258

Conquista de Bagdade pelos Mongóis. Fim do Califado Abássida.

Alexandre Nevsky

1259

O príncipe de Novgorod, Alexandre Nevsky, estabelece a paz com os Mongóis e aceita vassalagem, através do pagamento de um tributo.

Divisão do Império Otomano

1294

Divisão do Império em Khanatos.

Expansão de Anatolia

1301

Em 1301 inicia-se a expansão dos turcos Otomanos a partir de Anatolia.

Conflito Franco-inglês

1337

A Inglaterra entra em conflito com a França devido à sucessão da coroa francesa.

A Guerra dos Cem Anos

1337 - 1453

A Guerra dos Cem Anos demonstra a oposição entre o sentimento de identidade nacional e os direitos sucessórios da coroa. Os territórios são do povo que os habita e não de um rei estrangeiro.

A Peste Negra

1347 - 1400

A peste bubónica ou "morte negra" grassa na Europa. Terá tido origem num cerco a um entreposto comercial Genovês na Crimeia, quando o exército Kipchak (Mongóis) lançou corpos infectados para dentro das muralhas. A principal vaga foi em 1347-51.Teve réplicas em 1361-63, 1369-71, 1374-75, 1390 e 1400.

Cisma do Ocidente

1378 - 1417

Entre 1309 e 1377 os Papas são franceses a corte papal está em Avignon.
Em 1378 o arcebispo italiano Bartolomeu Prignano é eleito como Papa, com o nome de Urbano VI, e regressa a Roma.
O novo Papa entra em conflito com os cardeais e 13 deles (todos franceses) saem de Roma, declaram a eleição de Urbano VI e elegem um francês para Papa, com o nome de Clemente VII, que volta para Avignon.
Em 1409 é eleito um terceiro Papa sem que os outros aceitem a resignação.

Expulsão dos judeus em França

1394

Ódio e perseguição aos Judeus. Medo e insegurança contribuem para a instabilidade social. Contribuí para a depressão económica no século XIV.

Eleição de Martinho V

1417

O cisma ocidental termina em 1417 com a eleição de Martinho V.

Invasão do rio Loire

1420

A Inglaterra ocupa os territórios ao norte do rio Loire.

Igreja Ortodoxa Russa Autocéfala

1445

Os bispos russos elegem o metropolita de Moscovo como Patriarca, tornando-se a Igreja Ortodoxa Russa Autocéfala.

Conquista de Bordéus

1453

A conquista de Bordéus pelos franceses marca o fim do domínio inglês e o fim da Guerra dos Cem Anos.

Queda de Constantinopla

1453

Em 1453 o exército Otomano conquista Constantinopla. A queda da cidade tem um impacto profundo no Ocidente.

Moscovo

1480

Os príncipes de Moscovo haviam acumulado riqueza e poder suficientes para começarem a dominar outras cidades e outros nobres.

Expulsão dos judeus em Espanha

1492

Ódio e perseguição aos Judeus. Medo e insegurança contribuem para a instabilidade social. Contribuí para a depressão económica no século XIV.

Unificação da Rússia

1502

O Grão Duque Ivan III unifica a Rússia sob o seu domínio. A partir de 1502 recusa vassalagem aos Mongóis.

Patriarca de Moscovo

1589

O Patriarca de Moscovo é reconhecido pelo Patriarca de Constantinopla.

Homens Importantes

Solon

638 BC - 558 BC

Tales de Mileto

624 BC - 546 BC

Anaximandro de Mileto

610 BC - 547 BC

Pitágoras

570 BC - 495 BC

Clístenes

566 BC - 493 BC

Péricles

495 BC - 429 BC

Sócrates

470 BC - 399 BC

Platão

427 BC - 347 BC

Aristóteles

384 BC - 322 BC

Marco Túlio Cícero

106 BC - 43 BC

Os senadores, pelo seu número, formavam uma multidão ignóbil e confusa: eram, efetivamente, mais de mil, e alguns deles absolutamente indignos do cargo: chamavam-lhes "senadores além-túmulo".
(Da República, livro quinto, V)

Otávio Augusto

28 september 63 BC - 19 august 14 AC

Primeiro imperador romano (27 a.C. - 14). Dá origem ao culto imperial (divinização do imperador. O poder torna-se autocrático (só dele) e centralizado.

Aurelius

270 - 275

Imperador Soldado.

Dioclesiano

284 - 305

Imperador Soldado.

Leão I

440 - 461

Leão I defende a teoria petroniana: o Bispo de Roma é sucessor de S.Pedro e deve ter a autoridade sobre a Igreja e os cristãos. O Latim passa a ser a língua oficial do Ocidente.

Boécio

480 - 524

Filosofo. Estabelece as bases da música medieval. A sua influência estende-se para além da Idade Média.

Clóvis

482 - 551

Estabelece a dinastia merovíngia.

Cassiodorus

485 - 575

Historiador.

Teodorico, o Grande

493 - 553

Política de segregação entre Romanos e Ostrogodos. Os Romanos mantêm a administração. A cultura romana permanece. Processo de aculturação.

Maomé

570 - 632

Em 610 Maomé tem uma visão do Arcangelo Gabriel que lhe diz para evangelizar as tribos árabes, então politeístas. Em 622 foge de Meca para Medina.

Gregório I

590 - 604

Pepino III

751 - 768

Coroado pelo Papa Zacarias que concorda com a destituição do último rei merovíngio. Intervém em Itália contra os Lombardos a pedido do Papa Estevão II, e coloca Roma sob sua proteção.

Carlos Magno

768 - 814

Coroado em 771, invade a Itália quando outro rei lombardo volta a ameaçar Roma em 773, e conquista o reino dos Lombardos, integrando-o no Reino Franco. Confirma a doação de Pepino e coloca os territórios do papa sob sua proteção. Em 800 o Papa Leão III coroa Carlos Magno como Imperador com o titulo Romanorum Gubernans Imperium.

Hucbaldo

830 - 930

D. Afonso Henriques

1108 - 1185

1ºRei de Portugal

Genghis Khan

1206 - 1224

Ögedei Khan

1229 - 1241

Güyük Khan

1246 - 1248

Möngke Khan

1251 - 1259

Kublai Khan

1260 - 1294

Dante Alighieri

1265 - 1321

Poeta, Escritor, Ensaísta, Filósofo e Pensador Político.

Guillaume de Machaut

1300 - 1377

Escritor e Músico.

Ivan IV

1530 - 1584

Ivan IV, o Terrível, foi o primeiro príncipe de Moscovo a usar o título de Czar.