Cristianismo como Revolução Educativa + Educação Islâmica + Educação Medieval

Events

Destruição do tempo de Jerusalém pelo Imperador Romano Tito

Approx. 70 AD

Paideia Christiana

313

Centrada na figura de Cristo - Cristo como pedagogo

Consolidação do Processo Educativo Cristão

313 - 400

1) Didaqué
a) Primeira forma de organizar o conteúdo do ensinamento da mensagem evangélica;
b) Síntese da doutrina cristã, pensada na época;
c) Não voltada para a leitura e escrita, para a escolarização, mas para a preparação para o rito de iniciação religiosa formal (Batismo e Eucaristia).

2) Instrução catecumenal rudimentar:
a) Escola catequética – dirigida por clérigos;
b) Programa de ensino da essência da prática cristã:
- Hipólito, 180-220, curso com duração de 3 a 5 anos – 5 etapas;
c) Lugar: qualquer lugar;
d) Método: pergunta-resposta;
e) A 1ª escola formal catequética foi de Alexandria, 179:
- Respondia às exigências de formação escolar;
f) No geral, as escolas catequéticas só serviam aos fins religiosas.

3) Escolas pagãs (não cristãs):
- Ofereciam a educação formal – escolarização;
- Com o crescimento do cristianismo – desapareciam as escolas pagãs;
- Centros catequéticos começaram a assumir este papel:
- escola formal com filosofia cristã;
- No século IV havia poucas escolas seculares;

4) Escolas cristãs para meninos:
- O concílio de Constantinopla (381) mandou criar escolas para meninos em todos os centros maiores – surgem as escolas paroquiais;
- No século VII já havia escolas paroquiais na Itália – mas, aos poucos elas vão se extinguindo.

5) Escolas monásticas – mosteiros:
- Surge no século V;
- Formação de religiosos e oblatos (não vida monástica);
- Monastério:
- O mosteiro é a nova estrutura educativa que deixa marcas profundas;
- Monges – primeiro isolados e depois em “cenóbios” (vida em comum) – submetem-se a uma Regra de vida comum;
- Cada mosteiro deve auto-manter-se
-“ora et labore” – oração e trabalho
- Regido pela ascese;
- Nessas comunidades: encoraja-se a instrução, copiam-se livros antigos – “copistas” – estuda-se a Bíblia.

Cristianismo se torna religião oficial

313

Opera a afirmação de um novo homem: igualitário, solidário, caracterizado pela virtude da humildade, do amor universal, da dedicação pessoal, como pela castidade e pela pobreza.

  • Reinventa a família;
  • Reinventa o mundo do trabalho (colaboração recíproca entre patrão, escravos e serviçais);
  • Reinventa o mundo da política (deve inspirar-se nos valores ético-sociais de igualdade e solidariedade);
  • Acolhimento da mulher, dos famintos, pobres, leprosos.

Organiza-se a Educação Cristã

313

Práticas educativas:

  • Ligadas à práxis comunitárias
  • Relativas à família: amor recíproco e dedicação aos filhos
  • Relativos à Igreja
  • Relativos ao papel das crianças: valorizadas

Dois contrastes distintos à cultura clássica-pagã:

  • Imitação da figura de Cristo
  • Adoção da cultura clássica, literário-retórica e filosófica.

Educação informal e a oralidade:
- Aprendizagem através da narrativa
- Exploração da memória significativa
- Criação de comunidade aprendente

Organização educativa e a ritualização:
- Cultivo dos ritos de iniciação (batismo...)
- Ritos de repetição (cultos, missas, liturgia)

Dogmatização da aprendizagem:
- Doutrina

Fundação de Constantinopla

330

Mosteiros: o primeiro modelo de escola cristã

400
  • Caracterizada na autoridade do “magister”
  • Pela leitura dos clássicas gregos-latinos
  • Pela ascese – disciplina e concentração
  • Pela leitura constante
  • Pela meditação e contemplação

Início da Idade Média

476

Queda do Império Romano no Ocidente

476

Alta Idade Média

476 - 1000

Começa com a invasão dos bárbaros e termina por volta do ano mil;
Se agrega em torno do modelo da sociedade feudal, atitude defensiva;
Grandes ardências religiosas e políticas e fervilhar de eventos;
Caracteriza-se pelo mundo fechado e estático.

*O período da Renascença que durou 100, acontece mais coisa que nos 400 anos da idade média.

O Sr. Feudal como poder absoluto, ele tinha poder sobre as pessoas;
Cada feudo deveria ser auto sustentável = o comércio deveria ser para si mesmo;
Na baixa idade média - começa a despertar as ciências, as artes, lutas sociais e religiosas;
Lenda: Robin Hood, Rei Arthur, Camelot;
Graças ao Islã, que fundou as primeiras bibliotecas;
Novo movimento religioso: São Francisco de Assis, Pedro Valdo, Wyclift;
Novas ordens medicantes;
Artes: pinturas, esculturas, arquitetura.

Fim do império Romano:
Invasão dos povos “bárbaros” *germânicos
Conversão dos povos germânicos ao cristianismo

Cultura Medieval (surge uma nova cultura com 3 elementos determinantes):

Greco - romano: cultura literária, valorizava a capacidade de ler, escrever, falar bem
Ideal da Paideia ou Humanismo
Valorização da busca por glória

Germânica: não tinha escrita, não tinha lei da escrita: lei por costumes, ideal do guerreiro leal, desprezo pelo refinamento intelectual

Cristianismo: cultura escrita (bíblia), preservou alguns elementos da cultura clássica, ênfase humildade e valorização do fraco.

Nova sociedade:
Clero religioso
Nobres: donos das terras, guerreiros
Camponeses: os que trabalhavam a terra e produziam tudo
*Campones = escravo

São Bento cria a Ordem dos Beneditos

529

Uma das ordem mais rígidas - perseguição aos cultos pagãos.

Nascimento de Maomé em Meca, Arábia Saudita

570
  • Maomé deu origem ao Islamismo;
  • A religião diz que Maomé recebeu o anjo Gabriel e decorou as palavras que deus o enviou através do anjo. Essas palavras deram origem ao Alcorão, que não pode ser interpretado de várias maneiras, apenas da forma que está escrita - o correto é memorizá-lo;
  • Atualmente a cidade de Meca é o lugar de muita peregrinação: os muçulmanos precisam ir uma vez na vida para Meca.

Nascimento do Islamismo

622

Os Islã foi um dos faróis que iluminaram a cultura do ocidente medieval, comunicando-lhe conhecimentos técnicos, introduzindo textos científicos e filosóficos.

Morte de Maomé em Medina, Arábia Saudita

632
  • Com a morte da esposa, em Meca, Maomé foge para Medina;
  • Os judeus de Medina rompem aliança com Maomé e conspiraram contra ele;
  • Após muita guerra, em 630 Maomé entra triunfante em Meca;
  • Maomé morreu em 632 d.C., com 63 anos de idade, de uma febre causada por uma picada de inseto.

Educação Islâmica

632 - 1200

A - Escolas alcoranistas
Ligadas ao ensino do Alcorão (ensina-se a recitar de cor)
Permanece como o processo central

B - Preceptores particulares - depois círculos de ensino
Ensinava, sobre tudo, a tradição e o direito (leis, costumes, moral)
*traços parecidos com um CTG gaúcho.

C - Casa das ciências
Lugares onde se cultivava as ciências
No século X, a cultura isâmica se abre para as ciências
No Egito e na Síria nasceram as “Casas

D - Madrasa
Escola dotada de uma renda para pagar os professores e acolher estudantes
Formar técnicos de Estado
Pessoal da administração pública

Califas

632 - 1924

Os Califas foram os sucessores de Maomé. O título vem da frase árabe que quer dizer "sucessor do Enviado de Alá"
O califa Hakam II (961 - 967) possuía uma bliblioteca com mais de 600.000 volumes.

Tradição Xiita

632

Pela tradição xiita instaurada logo após a morte de Maomé
O islã conduz o processo de formação:
Saber sobrenatural;
Guia infalível;
Ensino iniciático sobre o Alcorão.

Avanços promovidos pela cultura Islâmica

700 - 1200
  • Artes, literatura, filosofia, medicina, teologia;
  • Fundadores das primeiras Universidades;
  • A cultura islâmica conserva a cultura grega;
  • Ao contrário dos cristãos, os árabes não queriam mutilar a cultura grega;
  • Foram eles que levaram a cultura grega ao ocidente com a invasão cultural;
  • Absorviam a cultura dos povos conquistados.

Mulçumanos atravessam o estreiro de Gilbatar e avançam na península

712

Nascimento do Estado Pontificial

765

Influência Educacional Islâmica na Europa

900

O apogeu da educação árabe ocorreu no século X, na Espanha, com o califado de Córdova:
- Eles criaram uma grande quantidade de escolas primárias;
- Multiplicaram as bibliotecas com milhares de obras clássicas;
- Organizaram o ensino superior;
- Cultivavam a matemática, filosofia e as ciências naturais (abandonadas pelos cristãos);
- Criaram especialmente a educação de mulheres:
Recebiam a mesma educação dos meninos que cursavam ensino Superior;
- Criaram bibliotecas públicas;
- Tornaram os conhecimentos medicinais em científicos.

Renascença Carolíngia

1000
  • Inspirada em Carlos Magno;
  • Criação da Escola Palatina;
  • Visava a reestruturação e fundação das escolas monacais;
  • Escolas Catedrais = ao lado das catedrais;
  • Escolas Paroquiais = nas cidades (níveis elementares/anos inciais);
  • Conteúdo dessas escolas: gramática, retórica e dialética (letras, literatura, história).

Educação na Baixa Idade Média

1000 - 1494
  • "Surgimento" das Universidades: te a ver com a descoberta do Direito Romano e elaboração do Direito Canônico;
  • Redescoberta da lógica de Aristóteles após as cruzadas (traduzida do Árabe);
  • O método usado era o da Escolástica.

Quadrivium

1000
  • Escolas Seculares = puramente laicas;
  • Comércio ressurge, moedas voltam a circular;
  • Volta-se a escrever e calcular;
  • Os camponeses não iam a escola, aprendiam um ofício.

Baixa Idade Média

1000 - 1494

Grandes Conflitos que atravessam a Igreja;
Nascimento da burguesia;
Revolução cultural econômica;
Modelo humano e empreendedor;
Consequência = renascimento da cidade + surgimento da burguesia = burgo: castelo, casa nobre, fortaleza;
Burgueses = comerciantes, banqueiros, artesãos. *Surgimento de agiotas e advogados.

Escolástica

1000 - 1494

A Escolástica está baseada nessas 4 autoridades: Bíblia, Pais da Igreja, Decreto dos Papas, Filósofos Antigos;

Método Escolástico:
- Objeto de estudo: harmonizar esses conhecimentos, usando a lógica de Aristóteles (reconciliação da fé com a razão);
- Contra a curiosidade;
- Contra observação empírica;
- Estudar consistia em comentar os autores autorizados;
- Sua estrutura está ligada a presença de um professor que ensina e muitos alunos que recebem esse conhecimento - não há troca;
- Práticas ligadas a "lectio" e aos autores (Vorlesung);
- Praxis disciplinares (castigo e prêmios) e avaliativas;
- Debates Públicos sobre determinado prêmios (bolsa de estudos nas melhores faculdades);
- Surgem as Sabatinas (provas aos sábados);

Organização escolar:
- Escolas pagãs (quase não há documentos que comprovem a existência dessas escolas - foram eliminados);
- Monarquismo (grego moncos = aquele que está só): movimento religioso desenvolvido nos monastérios: exercem considerável influência na cultura medieval.
- Com a decadência do Império Romano aumenta o número de eremitas e monges;
- Mosteiros assumem o monopólio da ciência.

Cisma entre as Igrejas do Ocidente e do Oriente

1054

Início das Cruzadas

1095

Nascimento da Inquisição Papal

1232

Queda de Constantinopla

1453

Fim da Idade Média

1494